terça-feira, 24 de junho de 2008

minhoca de outras galáxias na cabeça

5 comentários:

transpassado disse...

que honra Beá!
Me amarrei nesse fundo azul, dá pa ver várias coisas. Me remeteu à forma como se dá a lembrança dos sonhos, esse "névoa" de pensamentos não objetivos e nem um pouco nítidos!

transpassado disse...

"essa névoa"

Beá Meira disse...

Pois é, não há razão nenhuma pra não imaginarmos os artefatos, como as "naves", com formas orgânicas. Já que tudo indica que a fronteira entre a matéria e a vida está mesmo ameaçada. Que venham os hibridos!
Semana passada vi 2001 - Uma odisséia no espaço, e sem dúvida algo do "Hal" permaneceu nesta imagem. E há também essa névoa de incertezas.

disse...

um momento antes da concepção...

Beá Meira disse...

Bê,
Sim, as coisas acontecem mais ou menos da mesma maneira nos ambientes moleculares e macro ambientais.