sábado, 15 de março de 2008

close


2 comentários:

andréa disse...

e o carpete? pode uma coisa dessas? rs mil beijos

Beá Meira disse...

Acho que esta cidade flutuante é toda como um cinema (por isso o carpete).Um lugar onde sempre é noite e vivemos cercados de projeções.